Jornalista se demite ao vivo

Padrão

O jornalista da TV Brasil Central (TBC), Paulo Beringhs, indignado com a censura que sofreu se demitiu, ao vivo, nessa terça-feira, durante o encerramento do telejornal que apresenta diariamente.

Os candidatos Marconi Perillo (PSDB) e Iris Rezende (PMDB), ambos disputando o segundo turno para governador em Goiás, haviam sido convidados pelo jornalista para um debate em seu programa. Porém, o então prefeito de Goiânia, Íris Rezende recusou-se a participar, e a Agecom (Agência Goiana de Comunicação) – mantenedora da TV Brasil Central – segundo o jornalista, decidiu então partir para a censura impedindo-o de levar o candidato do PSDB para o debate.

A TBC acatou a censura, mas o jornalista não. Em pleno ar, Paulo Beringhs desferiu duras criticas a emissora. Se demitindo diante de seus telespectadores e um entrevistado, o profissional de imprensa encerrou o programa com a frase “Garanta o seu emprego, que eu garanto a minha dignidade”.

Em uma cena rara na Impressa Brasileira, Paulo Beringhs mostrou que o jornalista não vive apenas de sensacionalismo, troca de favores e corrupção, como muitos pensam, mas principalmente provou que a ética jornalística, associada à capacidade e responsabilidade não é um mito sussurrado pelos corredores da faculdade de jornalismo. É real e só depende de uma escolha.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s